Pular para o conteúdo principal

REBELIÃO EM ALCAÇUZ

Os homens do Batalhão de Operações Especiais estão chegando a Alcaçuz para tentar abafar o motim que acontece no presídio desde a madrugada. O grupo de intervenção da administração penitenciária também está se dirigindo para a unidade. Acabo de conversar com o secretário de Justiça, Thiago Cortez, que me confirmou as informações.

“Esperamos que o motim seja controlado ainda pela manhã, mas vamos esperar o que vai acontecer”, disse Thiago. Por enquanto a rebelião está na base da zoada e quebra-quebra. Os presos do pavilhão 2 serraram grades e tentaram fugir, mas foram impedidos pelos policiais militares das guaritas. Como não conseguiram o que queriam, iniciaram a confusão.

Por enquanto não há informações sobre feridos, nem sobre exigências, tampouco sobre reféns. O que se sabe é que os detentos dos outros pavilhões não querem se envolver no fuzuê e estão tranquilos. Há informações extraoficiais de que os presos amotinados estão muito drogados.

Fonte: Jacson Damasceno

Comentários

  1. Gostaria muito que os canais de comunicação soubessem diferenciar equipes do BOPE(Batalhão de Operações Policiais Especiais)que vestem farda toda PRETA das equipesdo BPChoque(Batalhão de Polícia de Choque)que vestem o CAMUFLADO URBANO.

    O intuito é deixar as mensagens claras para os leitores, pois BOPE é diferente de BPChoque.

    SD Haendel

    ResponderExcluir

Postar um comentário